Pesquisar

Formulário de procura

 

O que é a fase REM

Quando uma pessoa dorme, ela passa por cinco fases do sono: sonolência, adormecimento, sono profundo, sono ainda mais profundo e fase REM. Na primeira etapa o sono é bem leve, sendo possível o sonhador facilmente ser acordado. A segunda é a mais longa das fases, ela dura cerca de 50% do tempo de um sono menos leve do que o da primeira fase. A terceira e a quarta são onde o sono passa a ser mais profundo e, por fim, na quinta etapa se inicia a fase REM – Rapid Eye Movement, em português, movimento rápido dos olhos.

Origem da fase REM

A fase REM foi descoberta num estudo na Universidade de Chicago, em 1953, pelo pesquisador Nathaniel Kleitman, juntamente com seu aluno Eugene Aserinsky. Antes dessa descoberta, acreditava-se que o cérebro encerrava a maior parte de suas atividades durante as cinco fases do sono, entretanto, o movimento dos olhos durante a fase do sono REM veio provar que mesmo enquanto o corpo está adormecido, o cérebro continua com atividades ativas.

O que acontece na fase REM

Na fase do sono REM, a maior parte das funções orgânicas estão inativas e o corpo permanece numa espécie de paralisia. Porém, ele afeta os sistemas cerebrais que controlam a respiração, os batimentos cardíacos e a pressão arterial, que podem sofrer alterações e trabalhar de maneira irregular durante este período. Apesar de todo o corpo descansar durante as cinco fases do sono, na fase REM o cérebro continua tão ativo quanto durante o estado de vigília, e seu consumo de energia nesta etapa do sono é semelhante a quando está acordado. Estas evidências foram identificadas pela existência de uma maior atividade de células nervosas, responsáveis pela movimentação dos olhos.

A importância da fase REM

Em 1960, nos Estados Unidos, William Dement realizou uma pesquisa que mostrou que o sono REM não constitui apenas a fase do sono onde os sonhos são mais intensos, mas sim, a grande importância que está fase possui para o equilíbrio psicológico. A pesquisa revelou que as pessoas que sofreram a privação da fase REM no sono possuem dificuldades de concentração, ansiedade e irritação, e alguns ainda demonstraram aumento do apetite.

Os sonhos da fase REM

Em todas as cinco fases do sono, os sonhos estão presentes. Entretanto, é no sono REM que os sonhos mais intensos se concentram. As cenas sonhadas parecem mais reais, o coração acelera, a respiração pode ficar ofegante e pode-se mesmo “sentir” o sonho. Não fosse pelo fato de que os moto neurônios, células responsáveis pela movimentação muscular, estivessem com suas atividades inibidas por reações bioquímicas que acontecem no cérebro durante o sono, as funções motoras se ativariam e o corpo reagiria de acordo com aquilo que se está sonhando.

Os sonhos mais comuns da fase REM

Muitos creem que os sonhos não são mais que histórias fictícias criadas pelo cérebro quando a pessoa dorme. Histórias criadas em função daquilo que se registrou durante o dia, ou fragmentos de lembranças e memórias, até mesmo a associação de ambos. Outros acreditam que os sonhos são mensagens, avisos ou alertas, e buscam seu significado, associando-os com fatos do cotidiano e momentos que se está vivendo. Assim, surgiram explicações para muitos sonhos, sendo alguns muito comuns entre diversas pessoas e que especialistas interpretaram e registraram a que podem estar associados.

Sonhar que está caindo: pode simbolizar a falta de controle que o sonhador está sentindo em relação à sua própria vida ou de alguma situação. Os sentimentos de ansiedade, insegurança ou sentimento de falha pessoal também podem resultar neste tipo de sonho.

Sonhar que está voando: pode simbolizar a segurança pessoal e profissional que uma pessoa sente. Entretanto, se no sonho surgem problemas ou medo de voar, o significado pode estar relacionado com a insegurança de passar por novos desafios.

Sonhar que está sendo perseguido: pode simbolizar a fuga dos problemas pessoais e profissionais. Este sonho é comum para as fases da vida onde o sentimento de medo está presente.

Sonhos recorrentes ou em capítulos: este tipo de sonho está relacionado a algo desconhecido na vida do sonhador, e também a situações geradas por algum trauma ou estresse, muitas vezes desconhecidas. Independente daquilo que se sonha, os sonhos recorrentes ou em capítulos são aqueles que se têm repetidas vezes durante algum tempo.

Gostou deste artigo?: