Pesquisar

Formulário de procura

 

Acordamos quando um sonho acaba?

De acordo com os estudos da neurociência, sonhar é uma experiência da imaginação durante o período do sono. Já a psicanálise afirma que o sonho é o espaço de tempo para realizar os desejos inconscientes reprimidos. O estudo dos sonhos é constituído de símbolos do inconsciente e despertam grande interesse por parte de diversos segmentos da ciência. Outras questões no estudo dos sonhos também despertam curiosidades como, por exemplo, saber se acordamos quando um sonho acaba ou se o sonho acaba porque acordamos? Para descobrir tudo isso, é necessário entender como funciona a ciclo do sono.

Entenda o ciclo do sono

O ritmo circadiano ou ciclo de alerta e sono repete-se a cada 24 horas, onde há um período de vigília (estado de alerta) e um período de sono, que dura em média 8 horas para um adulto e até 18 horas para um bebê. O sono passa por 5 fases: sonolência, adormecimento, sono profundo, sono ainda mais profundo e estágio REM – rapid eye movement. Ao todo, as cinco fases somam em média 90 a 120 minutos, podendo o ciclo se repetir de quatro a cinco vezes por noite.

Fase 1: sonolência

Os cinco primeiros minutos do sono são definidos pela fase de sonolência, que é quando ocorrem os sonhos, os quais estão relacionados com os acontecimentos vividos recentemente. Os exemplos mais comuns são os sonhos ligados à rotina do trabalho, ao último filme que assistiu ou a uma conversa que causou preocupação.

Fase 2: adormecimento

A segunda fase do sono torna-se progressivamente mais profunda, pois é uma fase que ocupa entre 45 a 55% do tempo total do sono, durando cerca de 15 a 20 minutos. Nesta fase surgem os sonhos com histórias mais complexas como, por exemplo, a mistura de acontecimentos diários com a imaginação armazenada no subconsciente, ou com a história de um livro lido há bastante tempo.

Fase 3: sono profundo

Nesta fase as ondas cerebrais tornam-se grandes e lentas, fazendo com que o corpo entre em sono profundo. Como antecede a fase de sono ainda mais profundo, esta parte do ciclo corresponde apenas a 5% do tempo do sono.

Fase 4: sono ainda mais profundo

Na fase do sono ainda mais profundo ocorre a liberação de hormônios relacionados ao crescimento e há a reparação celular. É nesta parte do ciclo que o corpo se recupera do cansaço diário. Na quarta fase do sono, durante aproximadamente 40 minutos, a atividade cerebral entra em ritmo acelerado e o corpo fica totalmente inconsciente.

Fase 5: estágio rem

O último estágio do sono é o mais importante para o bem-estar físico e psicológico. Há uma intensa atividade cerebral e um completo cessar das atividades físicas e motoras. É também o período onde o sonho é mais intenso, sobretudo envolvendo situações emocionalmente muito fortes. É comum nesta fase sonhar com casamentos, ou que está doente ou prestes a morrer.

Quando é que acordamos?

A necessidade diária de sono varia, ou seja, quanto mais jovem maior a necessidade de dormir. A quantidade ideal de horas de sono é importante para a total recuperação de energias e equilíbrio das atividades celulares. Se ao dormir, o corpo fica livre de interferência de estímulos externos (luminosidade, ruídos, temperatura, entre outros) é natural o despertar no momento em que o ciclo do sono é completado. Acordar antes da conclusão do ciclo do sono pode causar diminuição na atenção, problemas na memória e irritação. Dormir além do necessário também não é saudável, pois o ato de dormir deve estar relacionado com a idade e qualidade das horas de sono.

Os sonhos podem acontecer em todos os períodos do sono. Algumas pessoas têm a sensação de acordar quando um sonho acaba, mas não é real. Entretanto, à medida que for recapitulando os acontecimentos do sonho e ao analisá-lo detalhadamente, o que se percebe é que, na maioria das vezes, a história do sonho não foi finalizada. A lembrança do sonho pode ser uma conversa, um movimento, um passeio ou qualquer outra atividade, mas quando acordamos lembramos apenas do início do sonho, das pessoas envolvidas ou do passeio, mas a conclusão da situação sonhada nem sempre será muito clara.

Para identificar em qual fase do sono acordamos, basta realizar uma análise do tipo de sonho: rotina de trabalho, histórias complexas, etc. Embora tenha diversas explicações, interpretações e significados… o fato é que acordamos ao cessar as atividades do corpo durante o sono. Algumas exceções se aplicam aos casos de quando acordamos no meio de um pesadelo, é justamente por isso que a neurociência afirma que sonhamos até acordar. 

Gostou deste artigo?: